Audiência Pública do projeto de 3,2 milhões será na segunda-feira

Pelo que se encaminha, decisão final do projeto deverá ficar a cargo do presidente da Câmara, vereador Karuti

Foto: Arquivo

Bidi Carlesso disse que Município carece de muitos outros investimentos

Líder do governo Robson Klaus defende o empréstimo

Foto: Repropdução Facebook

Prefeito Paulo Joel tem usado o Facebook para detalhar os investimentos

 

Iniciativa do vereador Bidi Carlesso servirá para debater sobre o projeto de lei do Executivo Municipal de Boqueirão do Leão que tramita na Câmara Municipal de Vereadores e pede autorização para firmar empréstimo destinado a obras de pavimentação de ruas, revitalização de praças e aquisição de máquinas. Audiência será na Câmara Municipal de Vereadores na próxima segunda-feira, às 19. Toda à comunidade, indistintamente, está convocada a participar.

Além de convidar a população para participar da audiência, o autor do pedido e líder do PDT, partido de oposição no Legislativo Municipal, Bidi Carlesso se posicionou contrário ao projeto, pois, segundo ele não é o momento para fazer o empréstimo, o que seria precipitado, pois há muitas incertezas na política brasileira. “A saúde, que por sinal vai muito mal e não possui médico suficiente no posto de saúde, e a agricultura são muito mais prioridade”, disse ao perguntar qual o futuro da área de terra comprada em Sete Léguas e se as tantas viagens do prefeito Paulo Joel Ferreira (MDB) a Brasília não foram suficientes para trazer verbas ao município.

Líder do governo na Câmara de Vereadores e favorável a realização da audiência pública, o vereador Robson Klaus (MDB) disse que seu voto quanto ao projeto ainda não está definido, mas que sempre foi favorável a audiência, desde que não tenha manifestação política. “Esse investimento deve ser analisado sem cunho político. Se realmente é necessário. O valor original do projeto é de 3,2 milhões, mas não significa que o prefeito irá usar todo esse dinheiro”, comentou ao reafirmar que ainda não definiu seu voto e que o valor poderá também ser reduzido. “O que não podemos fazer é ingressar com demagogia e dizer que Boqueirão não pode crescer com isso”, finalizou.

Autor do projeto, o prefeito municipal Paulo Joel Ferreira (MDB) disse que irá à audiência para defender a proposta, já que os investimentos deverão impactar de forma positiva, vindo, inclusive, a gerar empregos durante a execução das obras. “Nossa cidade carece muito de obras de infraestrutura e de saneamento básico e a malha asfáltica do Centro está ruindo. Pretendemos também comprar máquinas a fim de atender melhor nossos agricultores”, colocou o prefeito ao deixar bem claro que está em um diálogo e se os vereadores entender que deve ser alterado o projeto, está aberto ao diálogo. “Junto com a administração e o vice-prefeito Dil só querem melhorar a cidade de Boqueirão”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *