ATUALIZADO: Júri de acusado de homicídio de jovem natural de Boqueirão foi transferido para esta sexta

Segundo informado, a defensora pública Luciana Artus Schneider teve problemas particulares e a sessão precisou ser transferida

Foto: Álvaro Pegoraro/Arquivo Folha do Mate

Apontado como autor do crime foi preso preventivamente

 

Foi transferido para esta sexta-feira, dia 4 de outubro, no salão do Tribunal do Júri do Fórum de Venâncio Aires, o julgamento de Júnior Fortes, 25 anos. Ele responde pelo homicídio do leo-boqueirense Deiviti Alexandre Alves da Luz, na época com 23 anos.

O crime aconteceu na madrugada do dia 25 de dezembro de 2017, nas imediações de uma danceteria no Centro de Venâncio Aires. Réu e vítima estavam na festa, quando houve uma confusão e Deiviti foi retirado pelos seguranças. Fortes permaneceu no local. Quando o réu saía da danceteria houve novo desentendimento e a vítima foi morta na rua Júlio de Castilhos, com um golpe de faca.

Na defesa do réu que responde por homicídio simples atuará a defensora pública Luciana Artus Schneider e na acusação o promotor de Justiça Pedro Rui da Fontoura Porto. Os trabalhos serão presididos pelo juiz João Francisco Goulart Borges

Informações do site www.folhadomate.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *