Água passa a ser cobrada por metro cúbico consumido a partir de janeiro em Sinimbu

Consumo consciente é um dos objetivos da medida

Foto: Aline Haag/AI

Objetivo da mudança é criar nos contribuintes um hábito de consumo consciente de água, tanto pela questão ambiental quanto por sua crescente escassez

 

O Decreto Municipal nº 2.568, de 23/12/2019, regulamenta o novo formato de cobrança da taxa de água, que passa a valer a partir de janeiro de 2020. O Decreto, que tem como base a Lei Municipal nº 1.804, de 04/11/2019, prevê a cobrança por metro cúbico consumido. A população abastecida pela rede hídrica municipal passará a pagar de acordo com a classe em que estão inseridos.

Conforme o Decreto, a taxa da água será formada por uma Tarifa Básica, que pode variar de R$ 13,50 até R$ 20, de acordo com a classe de abastecimento. Além dessa Tarifa, os consumidores pagarão R$ 3,75 por cada metro cúbico consumido durante o mês (veja abaixo).

Além das classes já existentes (Residencial, Pública, Comercial e Industrial), a partir de janeiro entra em vigor também a Tarifa Social Residencial, a fim de contemplar a população mais carente do município com isenção de parte da tarifa básica e de consumo. Também está previsto, através da Lei 1.804, a categoria Mista. Ou seja, toda a ligação de água que contempla duas ou mais economias será considerada mista. Portanto, nessas ligações, os consumidores terão mais de uma Tarifa Básica. (Ex.: ligação em prédio onde existe um comércio e uma residência ou uma única ligação em um prédio que contempla vários comércios).

Conforme o secretário de Administração, Finanças e Planejamento do município, Carlos Backes Filho, o objetivo da mudança sobre o serviço de água do município é criar nos contribuintes um hábito de consumo consciente de água, tanto pela questão ambiental quanto por sua crescente escassez. “Quem gasta menos, pode ter uma redução na sua conta”, explica o secretário.

O secretário lembra também que a economia Mista somente existe para os consumidores que já possuem ligação de água. “A partir de 1º de janeiro, as ligações novas serão todas individuais”, finaliza Carlos.

Nova tabela da tarifa de água

– Tarifa Básica Residencial: R$ 13,50
M³ consumido: R$ 3,75

– Tarifa Básica Pública: R$ 18,00
M³ consumido: R$ 3,75

– Tarifa Básica Comercial: R$ 18,00
M³ consumido: R$ 3,75

– Tarifa Básica Industrial: R$ 20,00
M³ consumido: R$ 3,75

– Tarifa Social Residencial: R$ 6,75
M³ consumido (até 5 m³): R$ 1,90
M³ consumido (cima 5 m³): R$ 3,75

Ligação de rede de água: R$ 80,00
Religação do serviço de água: R$ 80,00
Baixa da ligação de Água: R$ 80,00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *