Família de Sete Léguas diagnosticada com coronavírus está curada

Atualmente município possui três casos suspeitos

Foto: Adriano Ellwanger

Família se recuperou em casa

 

Nesta sexta-feira (17/7) o Brasil registrou 1.321.036 pessoas recuperadas do novo coronavírus (Covid-19). No mundo todo, estima-se que cerca de 7,4 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram. O número de pessoas curadas é superior à quantidade de casos ativos (647.441), que são pacientes que estão em acompanhamento médico. O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (64,6%). Marcilio Fernandes, 69 anos, sua esposa Isair Zambiasi Fernandes, 71 anos e sua cunhada Iracema Zambiasi, 73 anos, moradores de Sete Léguas, interior de Boqueirão do Leão, fazem parte da lista de curados. Eles foram os três primeiros casos positivos da doença registrados no município. Após cumprirem o isolamento social, tomarem paracetamol, xarope e água ambos foram novamente remetidos aos exames e testaram negativos e por isso são considerados curados.

Seu Negrinho, como Marcilio é conhecido, conta que pode ter contraído o vírus durante uma consulta em um hospital de Canoas, onde esteve duas vezes na companhia de sua filha que mora na grande Porto Alegre e também foi contaminada. “Só descobri que tinha a doença porque a minha mulher testou positivo e aí eu também fiz o exame, mas não tive nenhum sintoma”, disse.

Já dona Isair teve sintomas de uma gripe comum e procurou atendimento médico através da agente comunitária de saúde da localidade, que acionou o departamento de vigilância epidemiológica municipal. “Tomei paracetamol, xarope, muito chá caseiro com gengibre e mel e água”, fala. A irmã Iracema –que é deficiente visual, também teve sintomas de uma gripe comum.

Seu Negrinho lembra ainda que o filho Marcelo –que reside junto dos pais, passou por quatro exames do Covid-19, todos testados negativos.

O aposentado também destaca o suporte da equipe da Secretaria Municipal da Saúde que durante o tratamento acompanhou diariamente a família. “Foram muito atenciosos, são bons demais, vinham todos os dias”, fala seu Negrinho.

BANDEIRA VERMELHA
O município está na expectativa de um recurso encaminhado de forma conjunta que solicita ao governo do Estado a manutenção da bandeira laranja na região, o que permite que o comércio não essencial fique aberto. Na pré-classificação divulgada ontem pelo governo do Estado, a região de Lajeado passará a bandeira vermelha, o que impede o trabalho do comércio não essencial. O resultado do recurso será divulgado na próxima segunda-feira. “Recorremos junto com os municípios da região, mas deveremos permanecer em bandeira laranja”, disse o prefeito municipal de Boqueirão do Leão Paulo Joel Ferreira (MDB), que acompanha de perto todas as ações ligadas ao novo coronavírus no município. “Estamos trabalhando em equipe e com a colaboração da comunidade, está dando certo”, encerra o prefeito.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – BOQUEIRÃO DO LEÃO

Casos suspeitos: 3
Isolamento domiciliar: 6
Testes negativos: 39
Casos confirmados: 3
Curados: 3
Óbitos: 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *