Internações no Hospital Dr Anuar Elias Aesse despencam pela metade após início da pandemia

Atualmente apenas nove pacientes encontram-se acamados na casa de saúde de Boqueirão do Leão

Fotos: Adriano Ellwanger

Enfermarias estão praticamente vazias

Casa de saúde também cumpre as medidas do distanciamento controlado

 

Nem no Hospital Dr Anuar Elias Aesse a movimentação é a mesma após a início da pandemia do novo coronavirus (Covid-19). Segundo a administração, as internações na casa de Boqueirão do Leão despencaram pela metade. No período de 01/04/2019 a 20/05/2019 foram 707 atendimentos contra 353 atendimentos no mesmo período deste ano.  Atualmente apenas nove pacientes estão internados.

Para enfrentar a pandemia que também assusta a direção da casa de saúde foram adotadas medidas de contenção de gastos. “Fizemos redução de carga horária de funcionários que variam de 25% a 100%, de acordo com a Medida Provisória 936/2020 para redução de custos e também devido ao baixo movimento, estamos tentando preservar empregos e acreditando na normalidade do atendimento nos próximos meses”, disse o administrador Alessandro Webwer.

Mas há um agravante. Além do movimento despencar, as despesas aumentaram devido a compra de EPIs(equipamentos de proteção da equipe) e investimentos tiveram que serem executados na área de segurança do trabalhador.

Segundo o administrador, pelo que a gente acompanha, e por relatos das pessoas daqui e dos colegas de outros hospitais, as pessoas estão com medo do ambiente hospitalar. “Alguns hospitais chegaram a redução de 90% nos atendimentos. E esses hospitais fazem atendimentos com especialistas, ou seja, consultas e exames de rotina. Isso nos leva a crer que por medo, as pessoas não estão nem fazendo exames e consultas de rotina que são importantes para manterem sua saúde”, pontua Alessandro Weber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *